Enxerto ósseo maxilar bilateral em maxila atrófica

Análise do Caso • mandíbula (resumo do caso em vídeo slides) Maxila extremamente atrófica Osso marmorizado na Manbídula devido à utilização do alendronato de sódio Lesão com exposição óssea, sem cicatrização. Osso sem suporte, gerando um “seqüestro” ósseo Reabsorção óssea constante, com aspecto de tunelização. • da maxila (passo a passo com vídeo) Caso típico de indicação

Instalação de implantes em enxerto de crista ilíaca

[CONTEÚDO GRATUITO] Este procedimento é um caso de reconstrução de região anterior de enxerto de ilíaco, realizada com anestesia local e sedação profunda. Por ser um material mais fácil de se manusear, o ilíaco é indicado para casos de reconstrução com tamanhos específicos de defeitos em áreas estéticas, contudo a

Exerto ósseo de seio maxilar em maxila atrófica

[CONTEÚDO PAGO] Neste procedimento com enxerto ósseo maxilar bilateral em maxila atrófica, temos uma paciente considerado de risco devido ao histórico de utilização de Alendronato de Sódio durante um período muito longo. Histórico pregresso de procedimento para instalação de implantes em mandíbula na região entre forames mentonianos. No lado direito

Rotina do Cirurgião – Capítulo 1

No capítulo de hoje, Dr. Laércio Vasconcelos nos mostra um procedimento de rotina de levantamento de seio maxilar com utilização de biomaterial e membrana de colágeno. Procedimento de nível médio. Principais riscos envolvem infecções que podem acontecer caso o pós operatório não seja respeitado. 7 meses em cicatrização. Prótese provisória por 3

Remoção de implantes e recolocação imediata, para protocolo de Brånemark em mandíbula.

[CONTEÚDO PAGO] Neste procedimento, apresentaremos um interessante caso de remoção de implantes em mandíbula com reabsorção óssea. Paciente utilizava dois implantes com uma overdenture,  que ao longo do tempo apresentou uma perda óssea significativa(periimplantite) na região ao redor dos implantes. Optamos pela remoção destes dois implantes para instalação de quatro

Remoção de implantes mau posicionados com reabsorção óssea, e recolocação de novos implantes

[CONTEÚDO PAGO] Este caso nós apresentaremos a remoção de implantes com mau posicionamento. Como os implantes instalados anteriormente estavam cimentados na própria prótese, não possibilitavam um resultado satisfatório em sua utilização protética, não permitindo assim a estabilidade da prótese a longo prazo. Optamos pela retirada destes implantes mau posicionados para

Reconstrução em área estética de maxila, com associação de osso autógeno e biomaterial + implante.

[CONTEÚDO PAGO] Neste procedimento, iremos instalar 3 implantes em área superior estética em uma paciente jovem que sofreu acidente quando mais nova. Foram extraídos os 3 dentes devido a reabsorção óssea que causou defeito bem significativo na região. Passados 10 meses deste procedimento de extração com trabalho de biomaterial, hoje faremos

Extração e instalação de implante com enxerto Bio-Oss Collagen, em área de extrema estética anterior.

[CONTEÚDO PAGO] Neste procedimentos iremos fazer extração e instalação imediata de implante na região do incisivo central, onde houve uma reabsorção óssea bem significativa. A técnica utilizada neste caso é bastante consagrada e além da instalação do implante, é imprescindível que façamos também um trabalho de enxerto na área vestibular

Cirurgia conservadora, para protocolo clássico de Brånemark em mandíbula.

[CONTEÚDO PAGO] Este procedimento é um caso clássico de protocolo Brånemark, caracterizado pela instalação de implantes na região do primeiro pré molar do lado direito ao primeiro pré molar do lado esquerdo (Do 44 ao 34) – pré forame. É extremamente importante que a instalação do primeiro implante seja efetuada na